CDH

Conselho de Direitos Humanos

Segundo fontes da UNICEF, atualmente, estima-se que cerca de 300 mil crianças estejam recrutadas como soldados por grupos rebeldes, terroristas, guerrilhas ou forças armadas nacionais em todo o mundo. Um dos grupos que recrutam essas crianças é o Estado Islâmico, organização Jihadista islamista que opera no Oriente Médio, principalmente nas regiões do Iraque e da Síria. Algumas pesquisas apontam que crianças entre os 5 e 15 anos são recrutadas por esse grupo terrorista e são utilizadas nas mais diversas funções como guerrilheiros, cozinheiros, sofrem abusos sexuais, mutilações, etc. Por conta desses fatos que ganharam repercussão atravéa da mídia esse assunto tem sido colocado cada vez mais frequentemente em pautas internacionais, e com isso tem sido alvo de discussões e promoção de campanhas com apelo mundial, como é o caso da campanha “Children, not soldiers”.
Assim, o CDH, -que tem papel fundamental no que diz respeito a prevenção e erradicação do recrutamento e utilização dessas crianças em conflitos- convida os(as) delegados(as) a debater sobre o assunto e a definir estratégias e planos de ação no sentido de mitigar o uso dessas crianças como soldados nesse conflito que ganhou relevância e crescente preocupação dos atores no cenário internacional.
Encontramos os senhores e senhoritas em Agosto!

Diretores

Julia Vianna

Olá, senhores delegados! Meu nome é Julia Vianna, tenho 17 anos e estou iniciando meus estudos de Direito na PUC-Rio. Apesar de já participar de simulações há alguns anos, o XIII MIRIN será minha primeira experiência como diretora e tenho certeza de que não poderia haver melhor forma de começar essa aventura. Para além dos modelos, minhas principais paixões são viagens e literatura (o tempo que perco com livros beira a irresponsabilidade). Espero que esse CDH seja extremamente proveitoso para todos nós e nos vemos em agosto!

Flavia Rocha

Olá, meu nome é Flávia Rocha, tenho 21 anos e estou cursando o sexto período de Relações Internacionais na PUC. Esta é a primeira vez que participo do MIRIN e posso dizer que estou bastante ansiosa. Quando me convidaram para ser diretora do Comitê de Direitos Humanos fiquei bastante feliz. Desde o segundo período escutava os veteranos falando sobre o MIRIN e sobre suas experiências no evento e sempre tive um grande interesse de participar algum dia. Estou muito animada por fazer parte desse grupo e principalmente de dividir a diretoria do CDH com minhas melhores amigas. Até agosto!

Camila de Salles

Olá! Meu nome é Camila de Salles, tenho 22 anos e estou no 6º período de Relações Internacionais na PUC-Rio. Sou uma apaixonada pelo curso que escolhi. Ao longo da graduação me interessei bastante em áreas como as de Direitos Humanos e Política Internacional, interesse esse que direcionou a escolha de matérias da minha grade curricular ao longo dos períodos. Sou cristã, amo aprender e não tenho (muito) medo de experiências novas rs.
Desejo que a oportunidade de participar do XIII MIRIN seja bem aproveitada por tod@s nós!
Espero vê-l@S em breve!

Bruna Silva

Me chamo Bruna Silva, 21 anos e sou aluna do 6o período de Relações Internacionais na PUC-Rio. Além disso, estudei Law, Society and Politics por um curto período na Freie Universität Berlin. Apaixonada por estudos de gênero e segurança, sou bolsista de iniciação científica e atualmente meu projeto de pesquisa consiste em discutir a participação feminina na esfera política através de uma abordagem interseccional. Estou engajada com alguns movimentos sociais e serei diretora no MIRIN pelo segundo ano consecutivo e estou muito contente de fazer parte do comitê de Conselho de Direitos Humanos da ONU.